Comunicação Social do MPPR

Criminal Mais três pessoas são presas em decorrência da Operação Sinecuras, que investiga crimes com envolvimento de políticos de Araucária 13/04/2018

Três pessoas foram presas nesta sexta-feira, 13 de abril, em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, em decorrência da primeira fase da Operação Sinecuras, que investiga crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, peculato, crimes contra licitações, falsidade ideológica e estelionato. A operação é realizada conjuntamente pela Promotoria de Justiça de Araucária e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Dois assessores de uma vereadora foram presos preventivamente, sob suspeita de obstrução da Justiça. Eles estariam constrangendo testemunhas de investigação que apura o desvio de vencimentos de funcionários comissionados que seriam obrigados a devolver a vereadores uma parte do dinheiro que recebiam na Câmara Municipal. Embora sejam assessores de uma vereadora do atual mandato, a investigação refere-se ao mandato anterior, quando os envolvidos, agora presos, eram assessores de outro vereador (marido da vereadora para a qual trabalham atualmente).

Além disso, durante as diligências, foi preso em flagrante por posse irregular de munições um ex-vereador, pai de um dos assessores, que está sendo investigado na primeira fase da operação e que já havia sido preso preventivamente naquela fase.

Informações para a imprensa com:
Assessoria de Comunicação
Ministério Público do Paraná
(41) 3250-4249

Recomendar esta notícia via e-mail: