Comunicação Social do MPPR

Criminal

08/11/2019

Tribunal do Júri de Ponta Grossa condena a 12 anos de reclusão por homicídio qualificado homem que matou denunciante de traficante em 2014

O Tribunal do Júri de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, condenou a 12 anos de reclusão em regime fechado um homem acusado de matar por vingança o denunciante de um traficante. O crime aconteceu em 2014, quando o homicida atacou a vítima de emboscada, atingindo-a com golpes de faca. A motivação de vingança deveu-se ao fato de o réu ser primo da esposa do traficante denunciado pela vítima.

Acolhendo as teses apresentadas pelo Ministério Público do Paraná, por meio da 10ª Promotoria de Justiça da comarca, os jurados consideraram a dupla qualificação do homicídio: motivo torpe e meio que dificultou a defesa da vítima.

O réu – que já tinha duas condenações anteriores, por roubo e tráfico – teve a prisão preventiva decretada na sentença.

Números dos autos: 0017690-42.2015.8.16.0019.

Informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
(41) 3250-4249

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem