Comunicação Social do MPPR

Cidadania

22/11/2019

MPPR promove hoje em Curitiba evento para estimular voluntariado

Evento MPPRDesde junho do ano passado, todos os meses, o médico Ricardo de Paula Sirigatti reúne um grande grupo de voluntários no centro de Curitiba para prestar atendimento gratuito a uma das parcelas mais vulneráveis da população: pessoas em situação de rua. São feitos, em média, 400 atendimentos em cada edição da iniciativa – sendo que 250 são consultas na área de saúde. Esse é o trabalho da ONG Médicos de Rua, um dos projetos que participam do “Simpósio do Terceiro Setor e Mostra de Voluntariado e Responsabilidade Social: pequenas ações, grandes resultados”, evento que será promovido pelo Ministério Público do Paraná nesta sexta-feira, 22 de novembro, em Curitiba.

Voltado a integrantes da instituição, profissionais e acadêmicos da área jurídica e terceiro setor e à população em geral, o evento trará palestras sobre prestação de serviço comunitário e também apresentações de entidades que desenvolvem trabalhos nessa linha na capital e região. Realizado pela Promotoria de Justiça das Fundações e do 3º Setor de Curitiba e pelo Núcleo de Atendimento ao Cidadão e às Comunidades (Promotoria das Comunidades) do MPPR, o encontro tem como objetivo o reconhecimento de iniciativas positivas desenvolvidas por organizações da sociedade civil, além de fomentar a troca de experiências entre os participantes dos projetos e estimular o desenvolvimento de ações similares com foco no serviço voluntário.

Vagas limitadas – Haverá exposições sobre temas como promoção ao voluntariado, captação de recursos, controle social, capacitação de voluntários e uso de ferramentas de compliance para o terceiro setor, entre outros. Estão confirmadas apresentações de nove entidades com atuação em diversas áreas de serviço social, como a Escola Nilza Tartuce e o Pequeno Cotolengo, que atendem crianças e adolescentes com deficiência; o Instituto Lixo e Cidadania, que atua com ações de meio ambiente e catadoras e catadores de materiais recicláveis; e a Fundação Honorina Valente, voltada ao auxílio de idosos, crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social.

O simpósio ocorrerá no auditório do Bloco I da sede do MPPR (Rua Marechal Hermes, 751, Centro Cívico) no dia 22 de novembro, sexta-feira, a partir das 9 horas. As inscrições são gratuitas, mas limitadas, e devem ser feitas aqui. Segue abaixo a íntegra da programação. O evento tem apoio da Coordenadoria da Política Estadual de Atendimento ao Público e da Escola Superior do Ministério Público do Paraná.

 

Médicos de Rua: medicina humanizada na prática

O clínico geral Ricardo de Paula Sirigatti conheceu no ano passado o Médicos de Rua, que desde 2015 funciona em São Paulo. Resolveu iniciar o trabalho em Curitiba: a primeira edição foi em junho de 2018. O fluxo de trabalho instituído na capital paranaense deu tão certo que passou a ser referência para as outras cidades em que a ONG atua. Sirigatti também foi alçado ao posto de presidente nacional da entidade, que mantém um quadro de mil voluntários inscritos em Curitiba – a cada edição, são mobilizados cerca de 120, entre profissionais de Medicina, Enfermagem, Nutrição e Psicologia, entre outras áreas.

Além de lanche, é oferecido suporte médico, odontológico e nutricional, remédios, curativos e eventuais encaminhamentos para exames e outros serviços. Na última ação, em outubro, dirigida à saúde da mulher, o projeto conseguiu viabilizar 20 mamografias e DIU para 50 mulheres em situação de rua. “A cada mês, buscamos um diferencial”, diz o médico, um entusiasta da humanização na Medicina. “Encontrei nesse projeto um meio de atuar nessa linha. A partir do momento que você começa a atuar como voluntário, não consegue mais se desligar, é um trabalho transformador”, diz o clínico geral.

A acadêmica Letycia Amando Monteiro, no terceiro ano de Medicina, é prova disso: começou no ano passado no projeto, incentivada pelo irmão, que é médico, vendo ali apenas uma oportunidade de colocar em prática o que aprendia nas aulas – acabou se envolvendo a ponto de hoje ser a coordenadora de voluntários das cinco universidades vinculadas ao Médicos de Rua em Curitiba. “É gratificante demais quando você percebe que realmente pode fazer a diferença na vida de uma pessoa, especialmente de pessoas para muitos invisíveis, como as pessoas em situação de rua”, diz. “É um exercício de empatia, de olhar nos olhos do outro. Saio de cada ação com o coração grande”, afirma.

 

 

SIMPÓSIO DO TERCEIRO SETOR E MOSTRA DE VOLUNTARIADO E RESPONSABILIDADE SOCIAL: PEQUENAS AÇÕES, GRANDES RESULTADOS

PROGRAMAÇÃO

8h30 - Credenciamento

9h - Abertura

Ivonei Sfoggia - Procurador-Geral de Justiça do MPPR

Moacir Gonçalves Nogueira Neto - Corregedor-Geral do MPPR

Ney Roberto Zanlorenzi - Ouvidor-Geral do MPPR

Monica Louise de Azevedo - Procuradora de Justiça do MPPR - Coordenadora da Política Estadual de Atendimento ao Público no âmbito do MPPR

Terezinha de Jesus de Souza Signorini - Procuradora de Justiça do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça (Caop) Cíveis, Falimentares, de Liquidações Extrajudiciais, das Fundações e do Terceiro Setor

Eduardo Augusto Salomão Cambi - Promotor de Justiça. Coordenador-geral do Escola Superior do MPPR

Régis Rogério Vicente Sartori - Promotor de Justiça do MPPR - Promotor do Núcleo de Atendimento ao Cidadão e às Comunidades de Curitiba (Promotoria das Comunidades)

Karina Anastacio Faria de Moura Cordeiro - Promotora de Justiça do MPPR das Fundações e do Terceiro Setor

9h20 - Palestra: Terceiro setor e voluntariado

Airton Grazzioli l Mestre em Direito (PUC/SP), Procurador de Justiça do MPSP aposentado, especialista em Direitos Difusos e Coletivos, com atuação na área de fundações e terceiro setor no âmbito do Ministério Público

10h - Mostra de boas práticas

Escola Nilza Tartuce - Instituição fundada em 1964 e chancelada pela Unesco desde 2012,  se dedica à educação infantil e ensino fundamental na modalidade de educação especial. A sua missão é articular assistência social, educação e saúde para promover o desenvolvimento e a autonomia da pessoa com deficiência intelectual

Lar de Idosos Recanto do Tarumã - Instituição fundada em 1921, com atuação na área de assistência social para homens idosos, que não possuem condições de manutenção da própria sobrevivência ou que apresentem vulnerabilidade familiar, a fim de promover a dignidade e inserção social

10h20 - Intervalo

10h40 - Palestra: Participação cidadã na formulação de políticas públicas e controle social na cidade de Curitiba

Fabiane Lopes Bueno Netto Bessa - Doutora em Direito (UFPR), Advogada, Professora do Programa de Pós-Graduação em Direito Econômico e Socioambiental (PUCPR), com experiência na área de responsabilidade social e desenvolvimento sustentável

11h30 - Mostra de boas práticas

Instituto Pequeno Cotolengo - Instituição fundada em 1965 com atuação no acolhimento de pessoas com deficiências múltiplas (físicas e intelectuais) de todas as idades, que foram abandonadas por suas famílias, sofreram maus tratos ou viviam em situação de risco. A sua missão é melhorar a qualidade de vida e proporcionar inclusão social das pessoas com deficiência múltipla

Instituto Lixo e Cidadania - Instituto fundado em 2003 com a finalidade de gerenciar e executar ações deliberadas nas reuniões plenárias do Fórum Lixo & Cidadania do Paraná, viabilizando assistência técnica administrativa, financeira-contábil e jurídica às associações e cooperativas de catadores de materiais recicláveis, garantindo a autonomia, autogestão e independência desses grupos

12h - Intervalo Almoço

14h - Palestra: Projeto Impulso e Estímulo ao Voluntariado

Ana Gabriela Simões l Superintendente do Instituto GRPCOM, Pedagoga, Mestre em Educação e Comunicação, com experiência em coordenação e desenvolvimento de iniciativas voltadas ao fortalecimento do Terceiro Setor e Voluntariado em todo o Paraná

14h40 - Palestra: Projeto Legado e a Capacitação do Terceiro Setor

James Marins l Presidente do Instituto Legado de Empreendedorismo Social.  Pós-Doutor (Universitat de Barcelona), Doutor em Direito do Estado (PUC/SP),  Atua como mobilizador do ecossistema de empreendedorismo social e mentor de diversas iniciativas de impacto

15h20 - Mostra de boas práticas

Instituto Cidadania e Voluntariado - Instituto fundado em 1998 com atuação na promoção do voluntariado consciente por parte dos cidadãos e na estruturação da gestão de voluntários das instituições. A sua missão é estimular e orientar o voluntariado transformador

Projeto Médicos de Rua - Projeto social que busca prestar atendimento humanizado e multidisciplinar a moradores de rua, em situação de vulnerabilidade social, fornecendo atendimento médico, odontológico, jurídico, entre outros

15h40 - Intervalo

16h- Palestra: Voluntariado e captação de recursos privados

Rodrigo Lowen e Rita de Cássia Lous l Gerente de Projetos e Chefe do Setor de Voluntariado do Hospital Pequeno Príncipe

16h40 - Mostra de boas práticas

Fundação Honorina Valente - Instituição fundada em 1981 com atuação na coordenação de programas sociais voltados a crianças e adolescentes carentes. A sua missão é promover a inclusão social e mudar a realidade de crianças e jovens até 18 anos em situação de risco, levando conhecimento, lazer, diversão e cultura necessárias ao desenvolvimento da sua personalidade e cidadania

Instituto Sivis - Instituição que trabalha com os desafios relacionados à democracia brasileira e à mobilização da sociedade. A sua missão é desenvolver cultura democrática em nossa sociedade, visando um Brasil colaborativo, honesto e democrático

Instituto Mãos sem Fronteiras - Instituição internacional que atua na promoção do bem-estar físico, emocional e mental e no cuidado da saúde biopsíquico-social das pessoas ao redor do planeta, através da técnica de estimulação neural

17h30- Encerramento.

 

Informações para a Imprensa:
Assessoria de Comunicação
(41) 3250-4469

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem