Comunicação Social do MPPR

Institucional

17/06/2013

Conheça os deputados federais do Paraná contrários e favoráveis à PEC 37 e mobilize-se!

Está prevista para o próximo dia 26 de junho a votação da Proposta de Emenda Constitucional nº 37, que retira do Ministério Público e de outras instituições a possibilidade de realizar investigações criminais. Dos 30 deputados federais do Paraná, 22 já se manifestaram oficialmente contra a proposta, apoiando a atuação do Ministério Público. Outros 8 ainda não se manifestaram ou sinalizaram pela aprovação da PEC.

O procurador-geral de Justiça, Gilberto Giacoia, alerta para a importância de que a sociedade e os membros do Ministério Público mobilizem-se para sensibilizar os deputados federais a não apoiar a proposta. “É de suma importância que a sociedade e os membros do Ministério Público permaneçam mobilizados e que se empenhem em sensibilizar os deputados de suas regiões a não apoiar a PEC”, afirma Giacoia. “Uma possível aprovação da PEC 37 seria um retrocesso de décadas no combate à corrupção e no avanço que se viu desde a edição de leis como a da Improbidade Administrativa, da Responsabilidade Fiscal, da Ficha Limpa, da Transparência. Tirar o MP da frente de batalha contra o crime organizado, do combate à corrupção e dos abusos que, por vezes, são cometidos por alguns integrantes da própria polícia, é deixar a sociedade sem voz, desprotegida. Queremos unir esforços com todas as instituições que podem e devem contribuir com a superação da violência e a diminuição da criminalidade no país. Não podemos entrar para história como aqueles que cruzaram os braços e permaneceram inertes, vendo ruir todos os avanços históricos, testemunhando o que poderá ser o início da derrocada da recente democracia brasileira”, ressalta o procurador-geral.

Voto aberto - A votação na Câmara Federal será aberta, ou seja, o voto de cada deputado será manifestado de forma pública, para conhecimento de todos os cidadãos e eleitores do país. Para que a PEC 37 seja aprovada são necessários 308 votos na Câmara Federal. “Mais do que nunca, é hora de somarmos esforços para sensibilizar nossos parlamentares. Cada deputado que esteja devidamente alertado sobre a gravidade PEC 37 saberá, em nome do povo, votar contra a proposta, defendendo a nação brasileira”, destaca o procurador-geral de Justiça.

Como votam os parlamentares

CONTRÁRIOS À PROPOSTA - Já se manifestaram contrários à PEC 37, apoiando a atuação do Ministério Público e de outras instituições na apuração de crimes, os senadores Alvaro Dias, Roberto Requião e Sérgio Souza e os deputados federais Alfredo Kaefer, André Zacharow, Angelo Vanhoni, Assis Do Couto, Dr. Rosinha, Eduardo Sciarra, Hermes Parcianello, João Arruda, Leopoldo Meyer, Luiz Nishimori, Marcelo Almeida, Odílio Balbinotti, Osmar Serraglio, Pedro Guerra, Professor Sérgio de Oliveira, Rosane Ferreira, Rubens Bueno, Sandro Alex, Hidekazu Takayama, Dilceu Sperafico, André Vargas e Alex Canziani.

FAVORÁVEIS OU SEM POSIÇÃO DECLARADA - Não se posicionaram oficialmente ou se manifestaram favoráveis à PEC que retira o poder investigatório do Ministério Público os parlamentares: Abelardo Lupion; Fernando Francischini; Fernando Giacobo; Nelson Meurer; Nelson Padovani ; Oliveira Filho; Ricardo Arruda e Zeca Dirceu.

Mobilização – “O momento é de defesa da sociedade e dos mais legítimos interesses da população! É momento de cobrar dos parlamentares, representantes do povo junto à Câmara Federal, posicionamento condizente com a defesa da democracia e o combate à criminalidade: é momento de dizer NÃO à PEC 37”, conclama o procurador-geral de Justiça.

Encaminhe um e-mail automático aos parlamentares – Para participar da mobilização e encaminhar um e-mail automático aos deputados federais do Paraná, pedindo a NÃO aprovação da PEC 37, clique aqui.

Mobilize-se, incentivando a participação de todos (familiares, amigos e conhecidos), atuando junto a escolas, universidades, igrejas, entidades públicas e privadas, em defesa da sociedade!

Para conhecer os parlamentares do Paraná que participarão da votação da PEC 37, no próximo dia 26 de junho, e seus contatos na Câmara Federal, clique aqui.

Para saber mais sobre a PEC 37, acesse o hotsite institucional.
Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem