Comunicação Social do MPPR

Institucional

22/06/2010

Comitê de Gestão Estratégica do MP-PR analisa regimento interno

Está oficialmente instituído o Comitê de Gestão Estratégica do Ministério Público do Paraná. O grupo, que teve sua primeira reunião nesta terça-feira, 22 de junho, e será responsável pelo monitoramento da execução do Plano Estratégico do MP-PR, conforme Resolução nº 997/2010, discutiu hoje seu regimento interno. Integram o Comitê o procurador-geral de Justiça, os três subprocuradores-gerais de Justiça (Jurídico, Administrativo e de Planejamento), o corregedor-geral, o ouvidor-geral, a coordenadora do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional, e representantes do Colégio dos Procuradores de Justiça, da Associação Paranaense do Ministério Público e da Associação dos Servidores do Ministério Público. “A partir de agora, o planejamento estratégico da instituição deixa de ser meramente formal e parte para a prática”, afirmou o procurador-geral de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior Neto, que presidiu a reunião.

O subprocurador-geral de Justiça para Assuntos de Planejamento Institucional, Bruno Sérgio Galatti, que exercerá a coordenação técnica e administrativa do Comitê, falou sobre a importância histórica do momento para a instituição e apresentou algumas informações sobre a definição do modelo de gestão que será adotado pelo MP-PR. Ele explicou que Ministério Público do Paraná partiu do princípio de criar um modelo de planejamento macro, singular e inovador. “Conseguimos chegar a uma proposta moderna, formulada totalmente a partir da realidade e das demandas do nosso Estado”, disse.

Durante a reunião, o promotor de Justiça Eliezer Gomes da Silva, assessor da SUBPLAN, apresentou detalhadamente as funções do Comitê, que assumirá o gerenciamento de todos os elementos do Plano Estratégico: objetivos, indicadores, metas e projetos. “O grupo, cujas deliberações terão caráter vinculativo, será uma espécie de corregedoria do planejamento, uma unidade a qual todos os setores, da Procuradoria-Geral de Justiça aos setores operacionais básicos da instituição deverão se reportar”, explicou. Ele falou ainda de alguns dos óbices que o planejamento estratégico já enfrenta, com destaque à necessidade de traduzir a estratégia de gestão para todos os integrantes do MP-PR, membros e servidores. “Nosso desafio é fazer com que todos entendam e estejam afinados à mesma proposta, cientes de que a participação de todos é essencial para que a instituição chegue de fato à meta proposta para 2018”, ressaltou.

Veja a seguir algumas fotos da primeira reunião.
































22/06/2010
Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem