Homem é condenado pelo Tribunal do Júri de Ponta Grossa a 11 anos de prisão por tentativa de homicídio, furto qualificado e corrupção de menor

Data 21/11/2019 | Assunto: Criminal

De acordo com as provas dos autos, a vítima encontrou o réu e seu cúmplice em um bar e os convidou para irem à sua residência na noite do crime. Lá, a vítima foi atacada com golpes de faca pelo condenado e seu cúmplice.

O Tribunal do Júri de Ponta Grossa, nos Campos Gerais paranaenses, condenou nesta terça-feira, 19 de novembro, um homem por crimes cometidos em 21 de janeiro de 2017 no Bairro Nova Rússia. O réu recebeu pena de 11 anos de prisão por tentativa de homicídio qualificado (meio que dificultou a defesa da vítima) e furto qualificado de um carro, um aparelho celular e um televisor, além de corrupção de menor, por ter como cúmplice um adolescente de 17 anos, que respondeu pelo fato perante a Vara da Infância e da Juventude de Ponta Grossa.

A denúncia foi oferecida pelo Ministério Público do Paraná, por meio da 10ª Promotoria de Justiça de Ponta Grossa, que atuou na sessão de julgamento. De acordo com as provas dos autos, a vítima encontrou o réu e seu cúmplice em um bar e os convidou para irem à sua residência na noite em que ocorreu o crime. Lá, a vítima foi atacada com golpes de faca pelo condenado e seu cúmplice, que, em seguida, cometeram os furtos e fugiram no carro da vítima, que só não faleceu por ter sido socorrida rapidamente.

(Autos número: 0006219-24.2018.8.16.0019).

Informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
(41) 3250-4249






Está notícia foi publicada no Central de Comunicação Social do MPPR http://www.comunicacao.mppr.mp.br

Endereço desta notícia:
http://www.comunicacao.mppr.mp.br/modules/noticias/article.php?storyid=22124